Antes de serem mortas por facção, jovens são torturadas e obrigadas a cavarem as próprias covas

Duas adolescentes que estavam desaparecidas em Teresina foram encontradas mortas, neste domingo (21), enterradas em covas rasas em um município maranhense vizinho à capital.

De acordo com a Polícia Civil do Maranhão, que investiga o crime, as adolescentes foram executadas a tiros.

Maria Eduarda, de 17 anos, e Joyce Ellen, de 16 anos, foram torturadas, tiveram que cavar a própria cova, depois, foram mortas a tiros e enterradas.

Existe a hipótese de que o crime tenha relação com facções criminosas, contudo o caso ainda é investigado pela Polícia Civil.

Não temos mais informações sobre este caso, uma crueldade e um grande sofrimento para estas jovens antes da morte, e a família fica agora com o desespero, o que teria motivado este crime? Esta é a preocupação da policia civil que esta a investigar esta barbaridade de crime tão cruel.

VEJA IMAGENS:

Fonte: CM7″>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *