Atraso no plantio de safra de milho no Mt, ainda a uma espera de 5%maior.

O Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) divulgou relatório apontando que o plantio da segunda safra de milho está atrasado no Mato Grosso em decorrência do atraso no plantio da soja e, consequentemente, na colheita da oleaginosa.

Com isso, cresce a preocupação com o tamanho da área que deverá ficar fora da janela ideal de cultivo. Mesmo assim, o Instituto segue projetando um aumento de 5,03% na área cultivada totalizando 5,69 milhões de hectares com uma produtividade de 106,28 sacas por hectare e uma produção de 36,29 milhões de toneladas.

Até a última sexta-feira (29) o Mato Grosso havia semeado apenas 2,13% das áreas de milho safrinha, um avanço semanal de 1,12 pontos percentuais. “Os trabalhos a campo seguem com atraso, mediante aos grandes volumes de chuvas nas última semanas em boa parte do estado”, destaca o Imea.

Neste mesmo período do ano, a safra 2019/20 já estava 21,98% plantada no estado, 19,86 pontos percentuais a frente. “Deste modo, a atenção do produtor deve ser redobrada nas previsões de precipitação, visto que em grande parte do estado as chuvas estão abundantes e se tornam uma barreira para colher a soja e liberar área para semeadura do cereal”.

“Os produtores estão com os insumos, em grande parte, já comprados e o preço do grão em altos patamares mantém o cultivo interessante”, justifica a publicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *