Briga por causa de uma marmita de refeição, termina com morte em fazenda no município de Caiapônia.

Vítima morreu com um tiro de espingarda no rosto. O suspeito, caseiro do local, foi preso neste domingo

A briga por uma marmita de comida pode ter sido a causa de um homicídio em uma fazenda, no município de Caiapônia, a 272km da capital goiana. A vítima foi morta com um tiro de espingarda calibre 36 no rosto. O crime ocorreu na noite deste sábado (13/3).

Segundo informações da Polícia Civil de Goiás (PCGO), a corporação recebeu a denúncia da briga de dois funcionários de uma fazenda, na zona rural de Caiapônia, e que um deles havia efetuado um disparo de arma de fogo contra o outro.

Além dos agentes, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para o resgate da vítima. Ao chegarem à fazenda, o óbito foi constatado.

De acordo com a PCGO, a motivação do crime se deu por uma desavença entre os envolvidos. A vítima, que era motorista, não havia pegado a marmita fornecida pelo autor, que é caseiro da fazenda. Segundo a corporação, o caseiro teria ficado aborrecido com o desperdício da comida.

Momentos antes do crime, o caseiro teria cobrado a vítima sobre a marmita e, em seguida, atirou contra o motorista. Após o crime, o autor fugiu rumo a uma mata nas proximidades do local.

O caseiro foi preso na madrugada deste domingo (14/3), por volta da 1h30, após uma denúncia de que havia um homem próximo à BR-158, entre Caiapônia e Jataí. Segundo a PCGO, o suspeito estava escondido em uma lavoura. Ele foi preso em flagrante e está à disposição da Justiça na unidade prisional do município.

https://api.whatsapp.com/send?phone=5566999640204&text=Ol%C3%A1!%20%20Gostaria%20de%20realizar%20um%20pedido%2C%20poderia%20me%20mandar%20o%20card%C3%A1pio%3F%20

Fonte: METRÓPOLES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *