Carreata feita por motorista de aplicativo contra o toque de recolhe

A carreata passará pelas avenidas das Itaúbas, Palmeiras, Jacarandás, Figueiras, Júlio Campos, Acácias e será encerrada na Embaúbas, em frente a prefeitura. A recomendação é que os motoristas usem máscaras e evitem aglomeração.

Atualmente, existe 12 empresas de aplicativos autorizadas a funcionar na cidade com o sistema de aplicativo de mobilidade urbana. Muitos motoristas usam o transporte como renda única.

Um dos integrantes do movimento, Elizeu Weck apontou que a solicitação é que o decreto seja revogado. “Chamar as classes empresariais, organizadas. A própria CDL, ACES, em comunicado disseram que não ficaram sabendo dessa ação, não foram chamados para conversar, então acredito que é importante revogar, rediscutir e repensar para que a cidade não pare”, destacou.

Weck ainda pontuou que “a gente apoia todos os empresários da cidade, acreditamos que é importante que a população tenha os cuidados, mas não há necessidade de haver um toque de recolher ou até mesmo um lockdown no futuro. Faremos essa carreata justamente em apoio aos empresários que mais estão sofrendo. Nós estamos fazendo nossa parte, usando máscara, álcool em gel, e logo a população também tem que se conscientizar para superarmos essa pandemia”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *