Criança de oito anos, em estado grave, aguarda UTI há 12 horas, em Lucas do Rio Verde.

Um menino de apenas oito anos de idade, em estado grave de saúde, está aguardando há cerca de 12 horas uma vaga na UTI, em Lucas do Rio Verde.

De acordo com informações, a criança deu entrada no Hospital São Lucas em estado febril, com crises convulsivas. A mãe do garoto teria relatado que ele apresentava já há sete dias, febre, diarreia e dores de cabeça, até que começaram as crises.

Conforme o laudo médico, horas depois de sua entrada no hospital, a criança teve piora no quadro clínico, evoluindo para náuseas, vômitos, e necessitando de intervenções mais invasivas como a intubação e ventilação mecânica.

Ainda de acordo com o laudo, o médico responsável pelo caso relata que não há uma vaga de UTI pediátrica no estado de Mato Grosso pelo SUS, por isso, necessitaria de transferência imediata para o serviço de cuidado intensivo.

O que deixa a família aflita é o risco iminente de vida que a criança corre nesta situação, já que o quadro infeccioso é grave, podendo levar à óbito ou deixar sequelas.

“Quando ele começou a ter a crise de convulsão trouxemos ele direto para cá (…). Pelo amor de Deus, peço que consigam uma vaga pra ele urgente”, pede a mãe da criança.

Infelizmente, de acordo com as medidas burocráticas de situações como essas, a necessidade é de protocolar o laudo, com destino à Vara Especializada de Saúde Pública de Várzea Grande, para que deste modo seja despachada autorização para a disponibilização de vaga, o que acaba retardando o processo, e muitas vezes, colocando vidas em risco, algo que poderia ser evitado.

O Terra MT Digital pede a atenção das autoridades para casos como estes, já que facilitando os processos, é possível preservar muitas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *