LIMPANDO AS GAVETAS; Vereadores Não Reeleitos Em Rondonópolis 😷😷😷

A Câmara Municipal de Rondonópolis está finalizando sua 16° Legislatura (2017-2020), com grandes mudanças em seu quadro de vereadores eleitos e reeleitos com,  13 vereadores não reeleitos ou que não disputaram a reeleição dos 21, tendo uma renovação de 61% da legislatura atual para a próxima que terá início em 1 de janeiro de 2021.

LIMPANDO AS GAVETAS

Os 13 vereadores que não estarão na próxima Legislatura na Câmara já estão limpando as gavetas para que os seus atuais gabinetes sejam ocupados pelos novos vereadores eleitos, os agora ex vereadores alguns irão pra iniciativa privada, outros ainda trabalham nos bastidores para conseguir fazer parte da próxima gestão do atual prefeito José Carlos do pátio.

BILÚ DEPOSITO DE AREIA: vereador eleito em 2016 pelo partido PRTB deixou o partido e foi para o PSD, com 726 votos não se reelegeu.

HELIO PICHIONE: eleito em 2016 com 1.585 votos no PSD, não participou da disputa a reeleição em 2020.

ORESTE MIRAGLIA: eleito em 2016 com 1.128 no partido SOLIDARIEDADE, não conseguiu se reeleger com 297 votos em 2020.

FABIO CARDOSO: vereador eleito em 2016 com 1.682 votos, em 2020 não conseguiu a reeleição com 922 votos pelo MDB, porem tem seu nome especulado para assumir uma secretaria na próxima gestão.

JAILTON DO PESQUE E PAGUE: eleito em 2016 com uma votação de 1.443 votos, no PSDB não foi à reeleição em 2020.

JOAO MOTOTÁXIS: eleito vereador em 2016 pelo PSL com 1.324 votos, não consegui se reeleger agora pelo PTB teve 606 votos em 2020, porém tem seu nome especulado para assumir uma secretaria ou uma autarquia Municipal.

JUARY MIRANDA: eleito com 1.877 votos em 2016, não conseguiu a reeleição no SOLIDARIEDADE com 1.056 em 2020, porém na atual Legislatura e o líder do prefeito na Câmara, como primeiro suplente deverá assumir a vaga do vereador eleito Adilson do Naboreiro do SOLIDARIEDADE que assumiu a secretaria de agricultura e deixa a vaga para o suplente virar titular.

MAZETTE: eleito em 2016 no PSC com 1.067 votos , em 2020 não se reelegeu já pelo partido PTB com 437 votos.

SIDNEI FERNANDES: eleito no PDT em 2016 com 871 votos, não foi reeleito em 2020 com 521 votos.

SILVIO NEGRI: eleito pelo partido PCdoB em 2016 com 963 votos, não conseguiu a reeleição em 2020 já pelo partido PSD com 730 votos.

RODRIGO DA ZAELI: no PSDB em 2016 eleito com 1.635 votos , em 2020 não participou da disputa ao cargo

VILMAR PIMENTEL: eleito em 2016 pelo SOLIDARIEDADE com 1.284 votos, pelo mesmo partido já em 2020 não conseguiu a reeleição tendo 744 votos.

FULÔ: pelo partido MDB em 2016 ficou como suplente assumindo a vaga deixada pelo o também vereador eleito em 2016 THIAGO MUNIZ (DEM) que disputou o cargo de prefeito, porém na disputa de 2020 FULÔ não conseguiu sua reeleição com uma votação de 837 votos.

os vereadores que compõem a futura legislatura já foram diplomados e aguardam 1 de janeiro de 2021 para assumirem de fato seus mandatos em Rondonópolis.

REDAÇÃO 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *