opiniões contra o sistema de saúde pública

As campanhas de vacinação contra a covid-19 estão em marcha na Europa. Mas, à medida que cada vez mais pessoas são inoculadas, também as campanhas antivacinas proliferam. A desconfiança, ou mesmo a oposição às vacinas surgem um pouco por toda a parte; dentro da União Europeia, o fenómeno é sobretudo evidente na Polónia e em França.

Quando, em junho de 2020, foi perguntado em vários países se os cidadãos tomariam a vacina contra a covid-19, assim que estivesse disponível, 41,11% dos franceses manifestaram ter pouca confiança na eficácia e segurança das vacinas.

A desconfiança é histórica e, de acordo com a fundação Wellcome Global Monitor, partilhada por todos os géneros, origens e estatuto sociofamiliar.

A dúvida latente na sociedade está a ser capitalizada por campanhas antivacinação. Entre os participantes, há quem tente ganhar influência política ou social, outros procuram formas de lucrar com ligações a lóbis da medicina, gurus da saúde ou mesmo ao mercado vegano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *