Policiais penais mortos em acidentes, tem Armas roubadas e João Batista cobra providências.

As armas de dois policiais penais que morreram na tarde desta terça-feira (6), em um acidente no km 527 na BR-163, em Diamantino (180 km de Cuiabá), foram roubadas. O veículo que as vítimas estavam colidiu em uma carreta. Ao todo, seriam quatro armas dos servidores, sendo duas para uso pessoal e duas do Estado.

O deputado estadual João Batista Pereira de Souza, que é policial penal de carreira e presidente da Comissão de Segurança, disse que situações semelhantes aconteceram em outros acidentes.

“Essa situação do furto de armas dos policiais que faleceram no acidente, não é a primeira vez que acontece. Tivemos um colega de Alta Floresta que morreu ano passado em acidente e as primeiras pessoas que chegaram ao local furtaram essa arma, pois ela não apareceu. Também tivemos outros acidentes em que as armas não foram encontradas”, comentou.

O parlamentar afirmou que irá cobrar providências. “Vamos cobrar providências, inclusive através da Comissão de Segurança Pública para que haja investigação e tentem localizar esse armamento. Primeiro que é arma na mão de pessoas que não estão autorizadas. Segundo, você está em uma cena horripilante em que as pessoas perderam a vida. Ainda tem gente com esse tipo de caráter que chega e furta arma”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *