Sinop é derrotado pelo Ação e ‘afunda’ na lanterna do Mato-grossense na estreia de Birigui.

12/03/2021 17:00

Em jogo sem grandes emoções, na estreia do treinador Marcos Birigui, o Sinop foi derrotado, por 2 a 1, pelo Ação, há pouco, no estádio Gigante do Norte. Essa é a terceira derrota do Galo do Norte, que ainda não pontuou, marcou apenas um gol na competição e está na penúltima colocação. Já o Tuiuiú chegou a 6 pontos e saltou, no momento, para a 3º na tabela.

A partida começou movimentada, mas perdeu ritmo no decorrer dos 90 minutos e foi marcada por muitos erros individuais, de passe e também por faltas. As equipes até tentavam, mas pecavam na hora da finalização, sem conseguir alcançar tanta empolgação. Alan Júnior marcou para o Sinop, Odail Júnior empatou para os visitantes e Monga virou.

O jogo – logo aos 2 minutos o Sinop abriu o placar, marcando o primeiro gol no Estadual. Douglas fez boa jogada pela direita e cruzou na área. Deu bate e rebate, e Alan Júnior conseguiu girar, bater no contrapé do goleiro do Ação e marcar o gol. Sinop 1 X 0 Ação.

O confronto começou bastante movimentado e aos 8, Wendel cometeu pênalti contra o Sinop. Odail Júnior bateu com categoria, rasteiro no canto direito e empatou o placar. O goleiro Isael ficou parado no meio do gol e nem pulou para fazer a defesa. Sinop 1 X 1 Ação.

Aos 10, o Sinop ficou perto de ampliar. Elber bateu falta na área e o ataque do Galo do Norte subiu bem e cabeceou. O goleiro João Carlos estava atento e conseguiu fazer defesa espetacular, mandando para linha de fundo. Ao mesmo tempo, o assistente viu posição irregular do ataque e marcou impedimento.

Aos 13, outro bom ataque do Galo do Norte. Alan Júnior fez boa jogada individual e a bola ficou com Douglas. Ele puxou para a direita, abriu espaço e bateu forte, mas subiu demais e passou por cima do gol do Ação. Aos 24, Elber bateu escanteio, o sistema defensivo do Ação não conseguiu afastar e a bola ia ficando livre para Hiago, que tentou cabecear mas não conseguiu.

Aos 36, o Sinop criou chance clara de gol. Em boa troca de passes, Alan Júnior recebeu, dominou de peito e invadiu a área. Na hora da batida, a bola quicou no gramado e subiu demais, indo pela linha de fundo.

Aos 42, o Galo do Norte arriscou. Zé recebeu, puxou para esquerda e arriscou de muito longe, mas mandou para fora. Aos 44, Alan Júnior recebeu lançamento e saiu cara a cara com o goleiro do Ação. O atacante do Sinop deixou a bola quicar, perdeu o tempo e João Carlos fez a defesa tranquila.

Na segunda etapa, aos 2, o Ação cobrou escanteio na área e Peixinho subiu livre, mas não conseguiu cabecear com força e a bola saiu pela linha de fundo, só tiro de meta para o Galo do Norte. Já aos 5, Zé bateu falta para o Sinop. A bola passou pela barreira, mas subiu demais e foi pela linha de fundo, sem assustar o goleiro do Ação.

Aos 11, o Ação quase virou. Odail Júnior bateu falta com muita força, a bola quicou na frente de Isael, que evitou o gol, mas deu rebote. A bola sobrou livre para o ataque do Tuiuiú, que tentou dar um voleio, mas mandou para fora, por cima da meta do Sinop.

Aos 16, o Ação criou outra boa chance. Em jogada pela esquerda, Peixinho recebeu na área e tentou bater. A defesa do Sinop chegou na hora certa e conseguiu interceptar o chute. No rebote, o ataque do Ação cabeceou, mas Isael fez a defesa.

No lance seguinte o Sinop respondeu. Em contra-ataque rápido, Wendel carregou e tocou para Zé, que levou para a esquerda, tirou os marcadores, invadiu a área e bateu forte, no canto direito. O goleiro João Carlos caiu bem e espalmou pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Cristian mandou na área e André subiu sozinho, mas pegou com muita força e mandou por cima do gol.

Aos 30, o Ação cobrou falta. Deivisson Pikachu bateu direto, de canhota, mas a bola subiu demais e foi direto pela linha de fundo, sem assustar tanto o goleiro Isael do Galo do Norte.

Aos 40, o Sinop arriscou. João Pedro recebeu bom passe, conseguiu girar em cima da defesa do Ação e bateu de três dedos. A bola foi no meio do gol e ficou fácil para defesa do goleiro João Carlos. Aos 43, Max cobrou falta para o Ação. A bola foi lançada na área, passou todo mundo e saiu para a linha de fundo.

Aos 45, no apagar das luzes, o Ação virou o placar. Em boa jogada pela direita, a bola foi cruzada na área e o atacante Monga subiu livre e cabeceou como manda o figurino, para baixo, sem chances de defesa para o goleiro Isael. Sinop 1 X 2 Ação.

Na próxima rodada, o Sinop visita o Poconé, no dia 19, em horário e estádio ainda não definidos pela Federação Mato-grossense de Futebol. Já o Ação, recebe o Cuiabá, no dia 22, na Arena Pantanal, às 19h.

https://api.whatsapp.com/send?phone=5566999640204&text=Ol%C3%A1!%20%20Gostaria%20de%20realizar%20um%20pedido%2C%20poderia%20me%20mandar%20o%20card%C3%A1pio%3F%20

Só Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *