Sinop em Destaque

Governo diz que Emanuel é despreparado e politizou a pandemia

O Governo do Estado emitiu nota, na noite desta terça-feira (02.03), lamentando a postura adotada pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que decidiu não seguir o decreto anunciado pelo governador Mauro Mendes (DEM), com medidas mais restritivas de prevenção a covid-19. O Executivo estadual afirmou que o emedebista é despreparado, irresponsável e politizou a pandemia.

“Quando Cuiabá registrou o primeiro caso de coronavírus, há exato um ano, a decisão da Prefeitura de Cuiabá foi de fechar tudo e instaurar um lockdow total no município. Agora, com um cenário crítico, a decisão foi flexibilizar. Infelizmente, o prefeito continua cometendo erros, mostrando total despreparo e irresponsabilidade, o que poderá provocar a morte de muitos cuiabanos”.

Conforme a nota, a discussão sobre a validade dos decretos deve ser definida pela Justiça “Caberá ao Ministério Público e ao Judiciário decidir o que deverá prevalecer na cidade de Cuiabá”.

Emanuel publicou nesta terça um novo decreto com medidas mais flexíveis que as anunciadas por Mendes. Conforme o documento, em Cuiabá o município terá um toque de recolher estendido, iniciando as 23h, até as 5h, nos próximos 18 dias.

O prefeito ainda reforçou que não tem o dever de seguir o decreto do Governo do Estado e que está respaldado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para aplicar o que achar necessário em Cuiabá

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *